X

Olá Nefalém!
Na semana que passou a nossa coluninha de notícias não saiu e eu quero  explicar os motivos: primeiramente eu tive uma semana de trabalho muito, muito complicada e não tive condições de organizar um post decente pra vocês; além disso, não tinha muita coisa acontecendo por Santuário mesmo… Então o post de notícias de hoje será referente ao que considerei que aconteceu de relevante nos últimos quinze dias, ou seja, uma única notícia.

REPENSANDO AS COMPOSIÇÕES

Na última sexta-feira, saiu um post do desenvolvedor Wyatt Cheng, no fórum oficial americano, sobre como eles estão pensando o futuro das composições de grupos para o próximo meta. Lendo o post eu entendi que eles estão tentando chegar a alternativas em que mais classes possam ser consideradas para jogos em grupo, ao invés de apenas algumas serem viáveis para grupos de quatro jogadores. Durante o post ele argumenta que critérios eles consideram antes de propor mudanças no balanceamento. Primeiro eles consideram se as atuais composições representam a variedade de classes, segundo eles se questionam se a composição mais forte está muito distante das demais composições fortes e em terceiro eles se perguntam se a jogabilidade está interessante.

A partir dessas considerações eles perceberam que precisavam realizar três grandes modificações: rever os buffs de dano de classe, ajustar os efeitos de controle de puxar monstros e de agrupar multidões, para que seja menor, e diminuir drasticamente a cura disponível (estou fazendo aquela carinha de espanto). Onde essas mudanças vão levar, não tenho certeza, mas imagino e espero que nos levem a um jogo mais competitivo e com maior dificuldade de habilidades envolvidas. Algo que nos faça sentir instigados e desafiados a seguir adiante, a tentar novamente aquela fenda, aquele boss.
E você, me conta o que achou dessa notícia e me diz quais são as suas expectativas com essas mudanças.

Eu já vou!

A gente se esbarra em Santuário, Nefalém!